No passado dia 30 de janeiro, as duas turmas dos Cursos de Educação e Formação (CEF) do Agrupamento de Escolas de Coronado e Castro, realizaram uma vista de estudo ao Porto.

O dia estava chuvoso, mas isso não nos impediu de viajar e aprender! De manhã fomos ao Museu do Carro Elétrico. Este Museu tem como missão preservar, conservar e interpretar, em benefício do público que o visita, espécies e artefactos ilustrativos e representativos da história e desenvolvimento dos transportes públicos urbanos sobre carris da cidade do Porto.

Ficamos a conhecer a história do elétrico, desde o Americano que era puxado por cavalos ou mulas até àquele que utilizamos – sim, nós andamos de elétrico! Vimos o elétrico aberto que levava as pessoas para a praia e o atrelado que levava as canastras das peixeiras para proteger os outros passageiros do mau cheiro (as peixeiras tinham de pagar dois bilhetes, um para elas e outro para a canastra, coitadas!). Depois de observar todos estes elétricos, subimos à casa das máquinas onde vimos uma maqueta do edifício do Museu e um enorme quadro elétrico que fazia o controle de energia para os vários carros. Impressionante!

Ah! Mas o mais divertido foi a viagem que fizemos de elétrico até ao Jardim do Passeio Alegre. A paisagem do rio Douro é muito bonita, mas vista do elétrico ainda fica mais interessante!

Estava previsto que o almoço ia ser num jardim, mas devido à chuva acabou por se realizar no MAR shopping. Foi aí que saboreamos a ementa preparada pela turma CEF A (Hotelaria, Restauração e Bar):  sandes de panado e lombo, sumo e uma maçã. Muito bom!

Na parte da tarde fomos conhecer o Museu dos Transportes e Comunicações, na Alfândega do Porto. Conhecemos um pouco da história deste edifício representante do neoclássico na cidade do Porto, construído em meados do século XIX, para acolher os serviços aduaneiros e quepassou a dominar todo o movimento comercial do Rio Douro. Na visita guiada conhecemos espaços interiores e exteriores (Cais Fluvial e Antigo Ramal Ferroviário da Alfândega com os respetivos equipamentos de carga e descarga de mercadorias: gruas e guindastes), possibilitando ilustrar alguns dos mais importantes momentos do processo aduaneiro.

Descobrimos ainda os mistérios que escondem as “furnas” e onde encontrar raios, dentes de engrenagens, ganchos e girafas.

Foi uma visita onde nos divertimos e aprendemos! Valeu a pena.

Notícia redigida na aula de Língua Portuguesa pelos alunos da turma CEF A1


Categoria: Alunos , Atividades , Docentes , Em destaque , Geral , Notícias , Slide página inicial , turmas

Etiquetas:, , ,